sábado, março 04, 2006

Sniff!!

Estou constipado. Até aqui, nada de surpreendente, já que o meu sistema imunológico é uma merda. O dia em que eu for HIV+, de certeza que à primeira corrente de ar estico o pernil.
Detesto estar constipado. Fico com um humor de merda. Não é que normalmente eu seja o Mr. Happy da Merryland, mas fico especialmente taciturno nessas situações.
Em primeiro lugar, as mutações físicas. Fico com o meu nariz transformado num grotesco tomate gigante, roxo-vermelho-podre. E fico a respirar muito mal. E detesto isso. É engraçado, só damos conta das pequenas coisas simples da vida que tomamos como certas (tais como respirar) nestas situações.
A necessidade constante de assoar o nariz. Por vezes é tão frequente que eu tenho medo de ter lepra ou uma qualquer forma rara de gangrena nasal, e que o meu nariz vá sair fora. Já ouviram falar de sexo nasal? É que o meu nariz está todo fodido.
Em segundo lugar, os espirros. Constantes, frequentes, vêm normalmene em séries de pelo menos 5 seguidos. E é cada um, que parece que vou espirar fora o cérebro.
Depois a minha voz que se torna gutural e cavernosa, não a minha habitual voz de divo.
Felizmente que ainda não cheguei ao pior de tudo. A tosse. A tosse é fodida...sinto formigas a descerem pela garganta acima e a subirem pela garganta abaixo. Quando tusso deve-se abrir um portal para outra realidade, pois vejo luzes e pontos vermelhos. Já para não falar da febre que nos coze a mioleira e faz-nos sentir cenas maradas...
Eu bem digo à minha família e amigos que serei a primeira vítima humana de Gripe das Aves na Europa, mas ninguém me faz caso...:(