sexta-feira, fevereiro 17, 2006

Post bastante intolerante, e mesmo um nadinha virulento...nem parecia eu a postar, parecia um gajo do PNR

Chamem-me de racista, etnocentrista ou xenófobo, mas não gosto nem um bocadinho do Irão.
O Irão é uma ditadura teológica, (como o Vaticano, mas não tão tolerante), que há dias difundiu nos seus jornais um concurso de caricaturas sobre o Holocausto, como forma de vingança contra as caricaturas de Maomé.
O representante deste simpático pais vem agora dar os parabéns ao governo português e ao sr. freitas em particular, (por ter traído os ideais de democracia que regem a nossa sociedade, apesar de tudo civilizada e evoluída) pela tomada de posição que tomou sobre o assunto das ditas caricaturas.
Como se sabe, Portugal é, e sempre foi um país pobre, pequeno e insignificante. Por isso a posição dos governos foi, desde sempre baixar a bolinha e dizer que sim às potências grandes.
Por isso é que fomos sempre "aliados" da Inglaterra, e somos agora "aliados" dos EUA.
Por isso é que houve o Ultimato Inglês, no século XIX.
Por isso é que há uns anos, quando recebemos o Dalai Lama, o embaixador da China venho dizer "Que isso não se repita", e essa chantagem e pressão diplomática não provocou um grande alarido na Imprensa nem na opinião pública, como seria o caso em qualquer País com "P" grande.
Mas agora, o sr. freitas, ao renegar o bloco geopolíticocultural em que estamos inseridos, ao vir pôr-se de cócoras ao fundamentalismo islâmico mais radical, talvez concorde com as palavras do embaixador do Irão, que vem dizer que o Holocausto foi um fraude e está está mal-esclarecido.
O que o futuro trará para o sr. freitas? Doutoramentos honoris causa nas universidades do Cairo e de Teerão?
Outra ideia bizantina do sr. freitas é realizar-se um torneio de futebol, entre europeus e islâmicos.
Não um jogo amigável, mas logo um torneio! Se há uma coisa que incita à amizade, divulga a compreensão, fomenta o fair-play e leva ao respeito entre os povos é sem dúvida o futebol (note-se o meu sorrisinho irónico)! Talvez quando Portugal jogar com o Irão no Mundial, pode ser que o sr. freitas esteja a torcer para que a gente perca, com um auto-golo do Cristiano Ronaldo. Se o sr. freitas quiser saber o resultado da equação
fundamentalismo islâmico + desporto = X,
que vá ver o filme Munique!
sr. freitas, longe de mim ser colonialista, imperialista ou NS. Não tivemos o direito de aprisionar e colonizar outros povos. Mas se o fizemos, saiba que se Portugal um belo dia teve um império, não foi por se ter subjugado aos povos indígenas! Não foi por ter tentado dialogar com os pretos, os indianos e os índios. Foi a golpe de espada, tiro de mosquete e chicotada no lombo.
Evidente que não defendo a violência, nem guerras não sancionadas pela ONU! Espero é que o nosso governo demonstre a nível internacional mais espinha, e maior respeito pelos princípios democráticos que advoga, e pelos quais foi eleito.

4 Comments:

Anonymous shô otávio tornou público que...

axo-o bajtant'etnoxêntrico, shô andrade.. ex'ideia de xibilizaxão e xupremaxia partindo d'um ponte d'referênxia qu'é exclugivament'o xeu (o d'europeu iluminade) é redutor da realidade.. exa d'cad'um xe conxiderar done da rajão é cauja primeira de todaje as guerras. e nã esquexamos da guerras que patroxinamos (e patroxinámos) no médi'oriente.. isso justifica tudo! oj axaxinos xomos nós.. falaje do filme do spilber'.. pois bê o pejadelo de darwin e berás quem faje merda neste munde!! adeujinhe

1:42 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

O teu ponto de vista é bastante válido. É pena que o tenhas "estragado" com essa ortografia engraçadinha...
Não sei quem és, mas és bem-vindo aqui,só que não podes tecer opiniões pré-concebidas sobre as minhas idéias a partir de 1 único post! A idéia de supremacia ocidental é para pessoas de direita. Pergunta às pessoas que me conhecem, e saberás que eu sou tudo menos de direita! Que os assassinos somos nós, não tenho dúvidas! Que o mundo ocidental é bastanten responsável pela pobreza do 3º Mundo, também não tenho dúvidas! Mas defendo a liberdade de expressão SEMPRE! E o direito à indignação SEMPRE, desde que dentro dos moldes civilizados!

2:18 da tarde  
Anonymous fred (ou shô otário) tornou público que...

sergy, serginho, serjão, seja quem fores, conheço o teu blog, frequento-o regularmente e por isso lá me resolvi a comentar, justamente porque acho que o que escreves não será bem aquilo que pensas.. a ortografia engraçada devo-a a uma botelha de tinto e umas aguardentes velhas ao almoço.. fico trôpego, mas já passou.. e quem fala em civilização e evolução és tu, adjectivando a europa 'democrática'.. e foram essas duas palavras que me levaram a comentar..

um bem haja

5:10 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

Sérgio serve perfeitamente.

Ok, sempre que quiseres, por favor comenta, quer gostes, quer não gostes, quer concordes quer discordes. Mas olha, não podes levar muito a peito o que lês aqui.
Eu por vezes gosto de defender opiniões polémicas, com maior ou menor grau de, vá lá, sarcasmo.

5:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home