sábado, janeiro 28, 2006

E falando em futebol...

Na última jornada da liga portuguesa, o treinador do FCP, Co Adriaansen optou por deixar Vitor Baía no banco, no jogo contra a Naval-1º de Maio, uma situação que se repetirá sem dúvida no jogo contra o Rio Ave deste fim-de-semana.
Muitos se interrogaram do porquê, mas eu sei o que se passou.
Aqui há uns tempos falou-se que o Vitor Baía mantinha uma relação homossexual com César Peixoto, um jogador agora mais conhecido como "aquele gajo que se casou com a Isabel Figueira", ou como eu a gosto de chamar, "a Peixota".
Para mim, o Vitor será sempre o Vitor, e a sua vida sexual não me interessa, desde que envolva sempre seres humanos, adultos e condescendentes.
Porém, não podemos ignorar que vivemos num país ainda muito preconceituoso e homofóbico.
Assim, Co decidiu desmentir esse boato, colocando-o no banco, como quem diz...
"Então, tão a ver? Ele consegue-se ou não sentar?"

2 Comments:

Anonymous astropastor tornou público que...

Que raciocinio cristalino. LOLOLOLOLOL

3:10 da manhã  
Blogger saviol tornou público que...

Eheheh, muito bom...

8:40 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home