segunda-feira, janeiro 02, 2006

Acabem lá com as festas, porra!!!

O Ser Humano é uma criatura engraçada. Pelo menos falo por mim! Penso ser uma pessoa com um enorme espírito natalício (e não é por, se colocar um fato vermelho e uma barba branca, ficar parecido com o Pai Natal).
Adoro o Natal, fico ansioso que chegue...e no entanto, mal começa a chegar o dia 2, 3 de Janeiro, começo a estar farto das Festas.
Por diversas razões:
Em primeiro lugar,estou farto da comida. Nunca percebi porque é que nas Festas somos supostos comer que nem frades. Uma pessoa quer começar o ano a fazer dieta, e não há maneira de acabarem as rabanadas, o bolo-rei, os 520 tipos de queijo diferentes e milhentas outras fontes de gordura e açúcar.

Em segundo lugar, fala-se muito na comercialização do espírito natalício. Para mim o problema é outro...é a mania das pessoas estarem sempre numa de "paz na terra aos homens de boa-vontade." Isso era muito bonito, mas se fosse para o ano inteiro, não apenas uma moda sazonal. Um dia por ano, vá lá, uma semana por ano lembramo-nos dos pobrezinhos. Dos que vivem a milhares de kms, e dos que dormem à nossa porta. Nas outras 51 semanas, é "eles que se fodam", basicamente.

Algo semelhante se passa com as chamadas resoluções de Ano Novo. Por mais evoluído que o Homem se torne, é e sempre será um ser supersticioso e místico. Porque raios é que o dia 1 de Janeiro é o dia de tomar decisões que, seguidas à risca, alterariam para melhor quem somos e como nos relacionamos com os outros?? Mais uma vez, isto seria positivo, não fosse o caso das resoluções estarem totalmente quebradas e olvidadas lá pra dia 13 de Janeiro.

Outra coisa que me irrita são os Horóscopos para o novo ano. Confesso não ser grande fã de Astrologia. Eu sei que existe uma ligação científica (ou não) entre a fase da Lua do dia em que nascemos, e o nosso comportamento, mas querem-me fazer crer que no dia 13 de Fevereiro todos os nativos de Gémeos encontrarão o amor da sua vida, e que no dia 27 de Abril todos os nativos de Capricórnio terão sucesso nos negócios? Se não acredito nos horóscopos do dia, não vejo porque hei-de acreditar em mapas astrais que nos revelam como será o nosso ano.

Por esta altura, este vosso amigo já não pode ver mais "Balanços do Ano de 2005" em todos os jornais e revistas? É que já viram que 70% das notícias dos Balanços do ano passado em Portugal e no Mundo são negativas? Alguém quer-se mesmo lembrar dos incêndios no verão, do assassinato de crianças, das guerras ou que o Benfica foi campeão? Eu não.
E falando disso, os balanços dos jornais desportivos ainda são mais idiotas. Por vezes, como têm que encher espaço mas não têm nada de importante para dizer, tem que relembrar notícias que não interessam nem ao Menino Jesus como:

3 de Fevereiro de 2005 - Zé Tó de Ponte Verde, ficou em 3º lugar na "V Prova Anual de Malha entre Alto-Minho e a Baixa Galiza."

5 de Maio de 2005 - Luis Filipe Vieira inaugura a Casa do Benfica em Vila Nova de Moimeita de Alcavideche

Por fim, uma coisa que eu não gosto nada nesta altura é a história do "1º bebé do ano".
Acho isto uma paroice. Porque não o "1º óbito do ano", ou o "1º aborto do ano" ou "1º assassinato do ano" ou "1ª violação do ano"?
Reparem, ser o 1º bebé do ano, é um estigma muito grande para um miúdo. Estão a ver aquelas miúdas, nos concursos de Misses que ganham o prémio "Miss Fotografia", ou "Miss Simpatia"? Já sabem de antemão que é um prémio de consolação, que nunca ganharão o prémio de Miss Portugal, ou Miss Burkina-Fasso, ou Miss Universo ou whatever.
Um bebé que seja o primeiro do ano, já sabe de antemão que já atingiu tudo o que tinha para atingir na vida, e já sabe que nunca passará da mediania, no melhor dos casos!
Sejamos francos, qual é a probabilidade de algures no futuro alguém dizer :
"Aquele gajo foi eleito o melhor futebolista do mundo, e além disso foi o 1º bebé de 2006"
"Aquele gajo ganho o Nobel da literatura, e além do mais foi o 1º bebé de 2006"
"Aquele gajo descubriu a cura para o Cancro, e alem disso foi o 1º bebé de 2006"

Por isso, que venha rápido o Natal de 2006, mas que acabe rapidamente este.

1 Comments:

Blogger Tere tornou público que...

Inbejuoso... tu é que querias ser o primeiro bébé do teu ano... e aparecer na televisão ao lado duma mãmã toda inchada do parto e rochinho... Bjokas bom ano para ti...

3:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home