segunda-feira, maio 02, 2005

Carne e Metal e Metal e Carne

O beijo frio do metal...mastigando tendões e músculos, derramando veias.
Libertação pelo sofrimento.
Cadáveres pendurados por forcas de arame farpado.
Lâminas ferrugentas rasgando e infectando tenra carne por entre gritos ancestrais.
Punhais que esventram e estripam.
Adagas que peruram esternos.
Vil metal...
Metal traiçoeiro que se crava nas costas.
O metal derramou da carne o sangue que escreveu a História.
Carne e Metal, móbil e arma dos crimes da humanidade.

2 Comments:

Blogger Joanissima tornou público que...

Ouve... Andas a mudar de registo....? : ))

Belíssimo, mais uma vez... : )

12:14 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

Eu não tenho registo pré-definido...simplesmente deixo-me levar pelo que me passa pela tola!:)
Thanks, + 1a vez!;)

1:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home