quarta-feira, março 16, 2005

Lugares Comuns e D. Quixotes!



Vocês já repararam que quando alguma coisa agita a monotonia portuguesa (uma equipa de futebol que surprende pela positiva, uma nova banda musical, uma nova companhia de teatro...), os protagonistas, quando entrevistados pelos media dizem:

"Vamos até onde nos deixarem ir!"

Mas porquê????? Quem são os "ELES" que eles tanto temem? Porque é que alguém havia de travar a caminhada gloriosa de uma equipa, a ascenção no mundo das Artes de novas bandas?
Quem haveria de bloquear novos intuitos, novas idéias, novos projectos?
Porquê esse medo tão português do novo, do arriscar? Porque é que há sempre o receio do que dizem os Velhos do Restelo?
Porque é que quem tem algo novo a oferecer vê inimigos invisíveis?
Porquê essa tendência quixotesca de investir contra moinhos de vento?
Posted by Hello