sexta-feira, fevereiro 04, 2005

Sou Filho Único

Isto poderia ser o título de uma música pimba do Emanuel, do Marante, ou de outra gentalha dessa:

"Sou filho único
porque Deus assim quis
e os meus pais não quiseram mais um petiz
Quando casar vou ter muitos filhos
E ser muito feliz"


Ou uma merda assim dessas...

Para dizer a verdade, eu até gosto.
Dizem que os filhos únicos são pessoas solitárias e infelizes. Eu tento ser o mais feliz possível, e se hoje não sou tão feliz como podia/devia/merecia ser, não estou a ver de que forma é que ter um ou mais gajo e/ou gaja mais novos e/ou mais velhos que eu a foderem-me o juízo me fosse ajudar de qualquer forma.
Pelo contrário, imaginem que eles eram mais felizes que eu! Eu acho que ainda me ia sentir mais infeliz, e inclusive sentir inveja e ciúmes.
Eu uma vez conheci uma gaja, que tinha dois irmãos mais velhos que ela (para além de ser podre de rica e bastante boa), e ela disse uma vez que podia ser mimada, mas TODOS os filhos únicos que conhecia eram egoístas (agora que me lembro, e independentemente de ela ser boa e rica, eu penso que eu estava loucamente apaixonado por essa gaja...é, acho que sim...mas não me lembro bem, um gajo fica com a cabeça cansada após uma semana de trabalho...mas acho que era qualquer cena desse género). Ora bem, essa é uma dessas generalizações estúpidas sobre os filhos únicos que eu não engulo! Pelo contrário, eu acho que não somos nada egoístas. Eu imagino que quem tem um irmão por vezes deve sentir a necessidade de se impôr territorialmente, de lutar pelo afecto dos pais...enfim, deve ser uma merda!
Bem razão tiveram os meus pais, que não se quiseram arriscar a ter outro como eu.

Eu sei que se tivesse irmãos pensaria de outra forma, mas como não tenho, estou bem assim! Always have, always will!

Eu acho que um verdadeiro AMIGO é tão bom ou melhor que um IRMÃO!

2 Comments:

Blogger A Besta tornou público que...

Eu só tenho um irmão e não consigo explicar se é por ser meu irmão, mas a ligação que tenho com ele é completamente diferente da que tenho com qualquer amigo.Há um laço diferente. Já não o vejo há mais de uma semana e tou sempre à espera de um dia livre para matar saudades. É claro que como dizes nunca podemos generalizar, esta é a minha experiencia, há outras diferentes pois claro. Filhos únicos não são obrigatoriamente egoístas

5:38 da manhã  
Blogger Sergy tornou público que...

Acredito que sim, Besta.
O que eu quis exprimir no post não foi tanto "Eu NÃO queria ter um irmão", foi antes "Por acaso não tenho irmãos, mas estou feliz assim". Claro que se tivesse, se soubesse o que era ter um irmão, provavelmente a minha idéia seria diferente! O que eu quis dizer foi mais "Estou feliz como estou".:)

9:12 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home