quinta-feira, fevereiro 24, 2005

Já fiz asneira outra vez

Quando eu era miudo, um dos meus desenhos animados favoritos era o Bocas (agora é South Park, Simpsons, Dexter´s Laboratory e Powerpuff Girls. Mas não vamos por aí). Toda a gente se lembra, o boi com fato-macaco vermelho e tamancos, que com a voz do saudoso Canto e Castro dizia "Já fiz asneira outra vez!".
Pois bem, eu sou o Bocas. Posso não ser um boi no verdadeiro sentido da palavra (não tenho cornos de certeza absoluta, que é uma coisa que nem todos se podem gabar), mas em espírito, eu sou o Bocas.
Eu nunca encontrei nada em que fosse realmente bom. Talvez a única coisa em que eu tenha algum, digamos, gosto e talvez algum jeito é na escrita - e mesmo assim, não escrevo muito bem.
Eu no meu trabalho não sou propriamente um brinquinho de competência. Sou preguiçoso, chego tarde, quando posso piro-me para a net - como agora - e o meu trabalho é mal pago e altamente desmotivante, e eu farto-me de fazer erros, que depois tenho de corrigir - ou pior, a minha colega é que os tem que descobrir e depois mandar-me boquinhas foleiras que eu não posso rebater porque não tenho a razão do meu lado. A minha colega é mais nova um ano que eu, só tem 0 12º ano e é infinitamente mais inculta que eu, embora seja inteligente, concentrada, obcecada com a perfeição e competente. Ou seja, é um choque grande de personalidades. Na minha sala só há mulheres...que não tem nada a ver comigo...passam o dia a falar de novelas, dos filhos, dos casamentos, de receitas culinárias...ficam passadas quando eu digo palavrões e não apreciam nada o meu humor! São umas grandes puras! Eu gosto delas, e o ambiente é bom...mas ao mesmo tempo é horrível! Os temas de conversa...por amor de Deus...sinto-me como se trabalhasse no talho do Pingo Doce!
A verdade é que eu acho que muito pouca gente realmente compreende-me, a mim, ao meu carácter e ao meu sentido de humor. Eu por vezes digo algo, e as pessoas levam a mal, não entendem que eu estou a brincar...e acabam por se sentir lesadas.
Eu sou muito tímido, só me abro totalmente quando conheço bem as pessoas...mas aí, sinto-me em total liberdade de dizer tudo.
Nem tudo é mau, há 2 ou 3 colegas que apreciam o meu humor.
Por exemplo, de manhãzinha, quando eu cheguei (às 9, quando eu entro às 8.30) havia lá umas velhotas que vinham ao cabeleireiro da Alternância, e eu comecei a disparatar e a dizer à senhora do bar e a outra colega que elas se calhar vinham fazer uns brushings ou por farandol na pentelheira, e essas colegas apreciam o meu humor e fartamo-nos de rir!
E eu continuo sempre a rir e a dizer piadas, porque se continuar a rir...vou meter aqui uma metáfora...quando me doi o dente, bebo muita água, porque enquanto bebo água, o dente parece que não me dói! Bem, rir é a minha água, suave analgésico, suave engodo para a minha dor interna...
Mas mesmo essas pessoas que se riem do que eu digo...tenho a certeza que não me vêm como eu sou, como um ser humano...devem-me ver como um palhaço, um bobo, um bufão!

Mas por vezes eu digo coisas, e as pessoas não comprendem! Eu tenho actos de generosidade desinteressada e muita gente não comprende! Eu sei que é difícil entender alguém como eu...porque eu posso gostar de humor negro, de humor doentio, escatológico, etc...mas não tenho maldade! Eu nunca faço nada com segundas intenções, nunca digo nem escrevo nada que possa propositadamente ofender alguém!

Mas é o meu destino fazer asneira outra vez!

4 Comments:

Blogger Miss I tornou público que...

Toda a gente que eu conheço adora o Bocas. Não sei se foi a comparação mais feliz, mas parece-me que consegues encontrar mais simpatias do que as que tens encontrado! Quando alguém tem bom humor, às vezes é mais reconhecido por palhaço do que por ele mesmo (eu sei como é! lol). Mas pareces ser uma pessoa fixe mas digo-te.. não invejo nada o teu ambiente de trabalho! lol

Vá força.. a gente gosta, pelo menos, da parte que te conhecemos na escrita! Coragem :) Bjocas****

12:26 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

Passa-se assim, eu gosto das minhas colegas, mas somos mesmo de um planeta diferente!
Eu gosto de ter conversas de elevado grau de comicidade e/ou de "cóltura",sem ter que me preocupar em expressar livremente idéias à priori controversas ou em me exprimir com linguagem vernácula (que eu uso nao por falta de educação ou para ofender ninguém, mas porque para mim dizer "foda-se" ou "ora bolas" é exactamente a mesma coisa),e com e elas esse diálogo é impossível! Ou então gosto de falar sobre as coisas que eu gosto,música, cinema, bd, e o conhecimento e interesse delas sobre esses temas é mínimo! Falamos de futebol, e pronto!
De qualquer forma, eu sei que muita gente que vem aqui gosta de alguma coisa que lê, e inclusve eu sei que muitos amigos meus, mesmo que não comentem me lêem regularmente, e sei que com esses, posso falar do que gosto, e sou apreciado como sou!
Os que não me conhecem pessoalmente como tu, mas gostam do que lêem, são sempre bem-vindos!
Obrigado pelas palavras e pela força! ;)
Bjos!

8:19 da tarde  
Blogger Miguel tornou público que...

Eu também era fan do Bocas!
Já agora, fala mais do teu trabalho (se te apetecer). Fazes o quê?

3:39 da manhã  
Blogger Sergy tornou público que...

Apetece, sim senhor, Miguel!
Tudo por um camarada bocasómaniaco!:)
Em breve vou escrever um post sobre o assunto!
Stay tuned!
Abraço!

8:54 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home