terça-feira, fevereiro 01, 2005

As eleições no Iraque! Que eleições no Iraque? As eleições no Iraque!

Sinceramente, sempre achei estúpido e xenófobo o complexo de superioridade que os Europeus têm sobre os Americanos. Normalmente são descritos como um povo etnocêntrico, e inculto!
Mas a verdade é que o Presidente que têm parece corresponder a essa idéia!
No início deste blog, lá em Novembro de 2004 falei do facto de no mundo ter sempre que haver uma potência dominante. No século XIX era o Império Britânico, agora é o Império Americano...mas como Império é ma palavra colonialista, a designação é super-potência.
Realmente tenho que classificar esta super-potência de etnocêntrica e ignorante.
Os meus conhecimentos de História são relativamente bons, e pelo que penso saber, os ingleses no seu apogeu, sempre souberam algo básico:
os "natives" têm as suas peculiaridades, e era impensável sentirem-se na Índia ou na África como em Londres!
A América de George W., não! A América de George W. está numa cruzada para derrubar as ditaduras mundiais (ora, se demoram cerca de 5 anos para derrubar uma, lá para o próximo milênio é capaz de ser tudo democracias) e estabelecer a democracia no Médio-Oriente.
Ora bem, NÃO HÁ NENHUMA DEMOCRACIA EM NENHUM PAÍS ÁRABE E/OU ISLÂMICO!!!! NEM NUNCA HAVERÁ! Got the picture?
Em toda a Ásia só há 3 democracias (Japão, Israel - que é uma democracia apesar de o Governo ser capaz de fazer as maiores atrocidades, porque os judeus têm os EUA na mão - e talvez a Coreia do Sul - mas não sei até que ponto esta última é um bom exemplo.)
E na África? Penso que nenhuma!
Vamos lá aceitar o facto : os únicos sítios do Mundo onde há democracia do tipo ocidental é...nos países ocidentais!!! Europa, EUA, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, e vá lá a maior parte dos países latino-americanos (embora estejam todos podres de corrupção.)
Eu nunca estive em nenhum país árabe! Mas já estive na Turquia, país islâmico (aliado dos EUA, e com uma democracia "engraçada". Há eleições livres, mas só valem se os militars dizerem que sim! São as chamadas Democracias Musculdas...(engraçado, a democracia é uma coisa terrível quando vem adjectivada...adiante).
Os árabes têm uma mentalidade retrógrada! Eles precisam sempre de um ditador, de um "paizinho" (quer seja um saddam, um kadaffi, um rei, um xeique, um califa; um presidente vitalício) porque eles ainda vivem numa mentalidade tribal. A maior parte desses países vive em sistema feudal, totalmente controlado pelo rei (ou xeique, ou presidente) e pelo clero islâmico.
Se os americanos querem impôr a nossa democracia no Médio-Oriente...porque é que, para além do Iraque, ou da Síria não se viram para:
-Arábia Saudita (um dos países mais retrógrados do mundo, e um dos maiores financiadores do terrorismo. O herdeiro é amigo do peito dos Bushes, mas alguns príncipes da casa real podem ter estado envolvidos em financiamentos para a Al-qeda para o 11-S)
-Kuwait
-Jordânia
-Oman
-Bahrein
-Emirados Árabes Unidos

etc.?

Eu respondo : é que esses governos são aliados do Ocidente. Por isso é cagativo se são democracias ou não!

16 Comments:

Blogger Principe_das_Trevas tornou público que...

A tua análise política sucks! Os árabes não têm uma mentalidade retrógoda, o teu conceito de democracia é uma merda e os teus conhecimentos históricos é melhor nem falar...

Sabes o que é democracia? Democracia é liberdade sabes o que é liberdadade? Liberdade para os árabes é lutar até à morte por um pouco de dignidade nas suas vidas, no Iraque, no Afganistão, na Palestina e em muitos outros países da região, lutam de uma forma tenaz e corajosa que aqui na nossa estúpida sociedade do consumo e da desinformação nem sequer nos damos ao trabalho de tentar perceber.

Se calhar é porque não são os nossos irmãos, familiares, filhos, pais, mulheres que estão a morrer a tiro e à bomba ou a serem presos sem direito a julgamento para serem torturados e violados: são esses a quem chamamos de terroristas!

Democracia? A demcracia está na ponta da metralhadora árabe, a liberdade está no seu grito de guerra: Allah Akbar!

Antes morrer de pé do que viver de joelhos. Viva a resistência iraquiana!

11:32 da tarde  
Blogger Principe_das_Trevas tornou público que...

Eu sei que as minhas opiniões politícas são pouco digeríveis, mas teve que ser, no ofense...

Não espero que as compreendas mas esses conceitos que tu tens fazem parte deste mundo "ocidental", eu não tenho nada contra ti, não é nada de pessoal mas entre o mundo ocidental e os que lutam pela sua libertação, os árabes ("os terroristas") eu escolho os árabes.

Eu sou árabe por dentro.

11:50 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

Ei, eu não me ofendo, e muito pelo contrário, até concordo contigo!
Talvez eu tenha errado ao charmar-lhes retrógrados, mas no fundo, quer-me parecer que estamos quase no mesmo comprimento de onda!
Eu acho estúpido e etnocêntrico o ocidente queres meter-se nos assuntos que não lhe dizem respeito, querer gerir países pela invasão, querer impingir-lhes sitemas de governação que não são adequados à realidade que se vive nesses países!
Se calhar eu exprimi-me mal, mas podes crer que o meu conceito de democracia e liberdade está nos antípodas dos defendidos pela américa e pelo ocidente!
De resto, estás à vontade, podes dizer o q quiseres nos comments, já sabes!;)

8:27 da manhã  
Blogger Sergy tornou público que...

Já agora, os meus conhecimentos de história são...razoáveis. Não sou nenhum mestre!:)
O que eu quis dizer foi que os grandes impérios de antigamente sabiam perfeitamente que as populações subjugadas tinham características que era preciso de alguma forma respeitar, ao passo que os americanos julgam que podem chegar a qualquer sítio e enfiar pelas goelas de povos diferentes os seus ideais (muitos dos quais hipócritas!)

A propósito Principe, é de mim ou tens 4 blogs?
E nesse caso, qual é o teu blog principal?

10:30 da manhã  
Blogger Sir Paul Cezar tornou público que...

Príncipe das trevas! Desculpa-me este comentário...mas só um conselho! APRENDE A INTERPRETAR UM TEXTO !!!! para que assim não estejas a concordar com o q lá está escrito pensando que estás a dizer o contrário!

10:36 da manhã  
Blogger Wodewick tornou público que...

"Eu sou árabe por dentro."

Grande malha.

4:41 da tarde  
Blogger Dr. Hee tornou público que...

O Chuck Norris é metade índio, metade canastrão.

5:03 da tarde  
Blogger Dr. Hee tornou público que...

Ainda estou a pensar no: "Eu sou árabe por dentro."

8:08 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

Perdão! O chuxk norris é metade índio,metado cinturão negro e todo canastrão!
Pá, o gajo aparece no filme Dodgeball a fazer um cameo appearance, em que fazia dele mesmo e mesmo assim era pouco convincente!!!

9:46 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

Já eu sou judeu por fora, porque tive que fazer a operação!:)

9:49 da tarde  
Blogger Principe_das_Trevas tornou público que...

Sorry, I got a little carried away...

Eu sou calmo por fora, furioso por dentro. Sou europeu mediterranico por fora, árabe por dentro.

Não sei se interpertei mal o texto, parece-me que tive uma reacção um bocado neurótica, sim... mas este assunto enraivece-me. E a minha fúria é clandestina.

Obrigado pela tua compreensão, Sergy.


O meu blog-caotico principal é "A Escadada Descendente" , para as «História(s)» que ficaram por contar "O Buraco da Memória".


E já agora, se me disseres que sabias isto, eu retiro o que disse em relação aos teus conhecimentos históricos:

(caso contrário ainda tens de comer muita sopa)

1955 é a tal data que os americanos apontam como das últimas eleições democráticas no Iraque à 50 anos atrás, foi nessa altura que se realizaram umas eleições de farsa tal como as recentes sob uma monarquia do tipo Arábia Saudita só que totalmente tutelada pelo colonialsmo britânico e americano, na altura as tropas de ocupação eram as do império britânico mas o controle económico era crescentemente das companhias petroliferas americanas.

Mas três anos depois viria a acontecer algo fora dos seus planos: o surgimento do nacionalismo pan-árabe.

"A Grande Revolução Iraquiana de 1958

Nos anos 1940, a revolução voltou a agitar o Oriente colonizado. Em 1943, intelectuais sírios fundavam o partido Baath – Renascimento –, nacionalista, laico e pan-árabe, que cresceu rapidamente na Síria, ao contrário do Iraque, onde era fortíssimo o partido comunista. Em 14 de julho de 1958, oficiais nacionalistas depuseram a monarquia pró-britânica. A família real foi executada e a população tomou as ruas das cidades. Na época, o Baath iraquiano tinha uns mil militantes. A obra revolucionária seria profunda: nacionalização do petróleo,[previamente] nas mãos inglesas; limitação da propriedade da terra irrigada e não-irrigada; imposto sobre os altos rendimentos; congelamento e diminuição dos aluguéis; controle dos preços dos gêneros de primeira necessidade; regulamentação da jornada de trabalho; educação pública e gratuita das crianças pobres de ambos os sexos; reconhecimento de direitos da mulher. Em 1961, a Revolução foi vergada por golpe promovido pelo partido Baath, apoiado pelos grandes proprietários e pelos estadunidenses. Nos anos 1960, Saddam Hussein subiu ao poder, para, em fins dos anos 1970, impor sua ditadura e, a seguir, envolver o pais em guerra fratricida contra o Irã, a serviço do imperialismo estadunidense."

Mário Maestri, 56, é historiador

10:48 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

Sou sincero...não sabia com essa exactidão de datas...mas sabia que os interesses anglo-americanos queriam instalar um governo fantoche no Iraque antigamente - tal como agora, de resto - , e sabia também do movimento nascente pan-árabe, e do subsequente surgimento do partido Baath!
Vá lá, dá-me pelo menos o benefício de dizer que eu tenho ainda que comer alguma sopa mas não muita!;)

11:42 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

11:42 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

Olha, coloquei links para os teus 2 blogs na minha lista de links!

11:58 da tarde  
Blogger Wodewick tornou público que...

Sopinha é boa e faz crescer.

12:35 da manhã  
Blogger Sergy tornou público que...

Sopinha é boa, mas achas que eu precisava de crescer mais?:)

12:47 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home