domingo, janeiro 30, 2005

O que nós não sabemos

Nem tudo o que nos rodeia, está englobado pelo perimetro do nosso saber. A meu ver, não chegamos a conhecer 1% da nossa realidade. Sinto que a humanidade é uma aldeia perdida no interior de uma região montanhosa profunda, e não percebe, nem sequer imagina o mundo que existe para além dos picos nevados e dos bosques densos que envolvem a sua moradia singela.
E no entanto, eu imagino que há mais para além disto.
Há mundos insuspeitos, há cores que não conhecemos, há sentimentos que a pena dos poetas não consegue descrever. Há palavras que desconhecemos o significado, aromas desconhecidos do olfacto, sabores estranhos...há flora primordial, animais que desafiam a imaginação.
Há ideias, contextos, contradições que nunca ninguém teve...figuras de estilo não sujeitos às leis da gramática...acções e reacções que escapam ás leis da físico-qúímica...equações e inequações não presos à rígida lógica matemática.
Há artes novas, filosofias nunca engendradas, teorias nunca postas em acção, práticas nunca tentadas, estratégias nunca conduzidas.
Há uma coisa da ficção-científica, que eu sempre achei piada. A co-existência, num mesmo plano de inúmeras realidades paralelas e alternativas, onde tudo o que conhecemos tem simples variações, que a um plano mais vasto vão provocar alterações ondulantes em toda a estrutura de cada realidade O Efeito Borboleta, de certa forma. Eu penso que se isso existisse, se pudessemos atravessar esse plano transversalmente, e conhecer tudo, todas as variáveis, então o nosso espírito abrir-se-ia muito mais, e estariamos muito perto de ser o que chamamos de ser superior!

4 Comments:

Blogger Sir Paul Cezar tornou público que...

O espaço têm o volume da nossa imaginação.
Atrás do nosso horizonte existe outra dimensão.
O mundo foi construido sem principio nem fim.....

10:52 da manhã  
Blogger Wodewick tornou público que...

Em relação ao Efeito Borboleta só tenho a dizer: Que merda de filme (ou será filme de merda?)!

5:39 da tarde  
Anonymous Anónimo tornou público que...

Por acaso adorei o Efeito Borboleta!

10:03 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

O anônimo sou eu!
Volto a repetir: adorei o Efeito Borboleta!

10:08 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home