sexta-feira, dezembro 17, 2004

Missa do Galo

Hoje de manhã, falou-se de religião aqui no meu empreguito!
Lá prás tantas, falou-se da missa do galo!
E eu disse:
Todas as missas que eu vou são missas do galo, porque quando eu tenho que ir a uma missa (casamentos, funerais, etc) é um "galo" do caralho!

4 Comments:

Blogger Inês Ramos tornou público que...

Eu odeio todo o tipo de missas...

Tirando as Missas Negras à moda da Idade Média.

Nessas sacrificam-se bébés sob o altar que é uma virgem nua... Há um bode no recinto, há distribuíção de drogas e hóstias pretas, bebe-se sangue de galos pretos fresquinho (com o pescoço cortado ali na hora)pelo sacerdote, há orgias entre os acólitos e fazem-se cânticos a diabinhos em Latim... Sempre são mais engraçaditas!

5:49 da manhã  
Blogger Sergy tornou público que...

E aquelas missas negras em que os acólitos vêm inadvertidamente sem saberem que eles próprios serão vítimas? Um bocado aos estilo da Família Manson!

1:52 da tarde  
Blogger Sergy tornou público que...

Acólitos jovens e inocentes a pensar que são malévolos!
A querer entrar num mundo diferente e proibido, pelo simples facto de pretenderem algo diferente na sua vida, algo emocionante e excitante.
A descarga de adrenalina inicial, a excitação do sexo, das drogas, do sangue, do diferente...para perceberem no final que eles são presas e não predadores, são zebras e não leões!
O espanto, o medo, a confiança traída e o seu sangue vertido, a terrível percepção que o Hades está mais perto do que imaginavam.
É como aqueles jovens sem rumo que vão entrar num filme porno obscuro, para descobrirem tarde demais que é um snuff!

Essas sim, sºao engraçaditas!

3:43 da tarde  
Blogger Inês Ramos tornou público que...

O Hades está sempre perto cada vez que alguém não sabe pronunciar «hás-de».

7:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home